Animais selvagens ou silvestre são aqueles animais não domesticados, ou seja, que não conseguem se adaptar ao convívio com o ser humano, e estão presente em florestas, oceanos, desertos.

Podem, portanto, apresentar comportamentos agressivos, mas isso apenas é a sua forma de defesa, pois o seu espaço está cada vez mais tomado pela raça humana.

Desse modo, as sociedades os rotulam em perigosos, por isso são alvos de caça e como consequência, a extinção das espécies.

Mas o que muitos não sabem é que eles acabam por desempenhar um papel de grande importância no ecossistema e na cadeia alimentar.

Existem animais selvagens de todos os tipos, sejam peixes, insetos, anfíbios, mamíferos, aves, répteis.

Por exemplo, a arara, o jabuti, o papagaio, o mico leão dourado, são animais selvagens, e querer a sua domesticação é ajudar o tráfico de animais.

animais selvagens onça

Desse modo, continue conosco e veja a seguir suas espécies espalhadas pelo mundo, e onde encontra-los pelo Brasil.

ESPECIES DE ANIMAIS SELVAGENS

  1. Capivara
  2. Agouti
  3. Bonobo
  4. Aye-aye
  5. Bisonte-americano
  6. Aligátor-do-mississipi
  7. Iguana verde
  8. Alce
  9. Bongo
  10. Órix-Austral
  11. Tubarão Branco
  12. Canguru-vermelho
  13. Abutre-fouveiro
  14. Dragão-do-Komodo
  15. Crocodilo do Nilo
  16. Zebra
  17. Lontra
  18. Diabo da Tasmânia
  19. Lobo ibérico
  20. Águia real
  21. Rinoceronte
  22. Panda Vermelho
  23. Panda Gigante
  24. Tucano
  25. Puma
  26. Ocelete
  27. Jaguar
  28. Arara Azul Grande
  29. Addax
  30. Falcão
  31. Sapo
  32. Gazela
  33. Suricata
  34. Lince
  35. Urso Pardo
  36. Tartaruga Marinha
  37. Orca
  38. Tigre de Bengala
  39. Ornitorrinco
  40. Leopardo Das Neves
  41. Koala
  42. Lobo
  43. Baleia Azul
  44. Borboleta Monarca

LUGARES DO BRASIL PARA VER ANIMAIS SELVAGENS

Os destinos aqui elencados não são aqueles em que os animais selvagens ficam presos em jaulas ou parques com direito a shows, são destinos em que o animal fica solto em seu habitat.

animal selvagem crocodilo

  • Parque nacional das Emas – Estado do Goiás: a pé ou de carro, a atividade comum no parque é observar os animais. Ao todo são mais de 600 espécies de aves, tem também raposa, lobo guará, veado-campeiro e a Ema, anfitriã que deu nome ao local. Ao todo o parque apresenta 500 km, dos quais 250 km estão disponíveis para visitação em trilhas autoguiadas.
  • Meandros do Araguaia – Estado do Goiás: Esse local está composto por 360 mil hectares de área preservada. Além de ser uma área de proteção ambiental mais preservada e isolada do rio Araguaia, entre os estados de Goiás e Tocantins.
  • Pantanal – Estado do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul: O pantanal é a maior planície alagável do planeta e menor bioma do Brasil, apresenta 210 km² e abriga mais de mil espécies de animais, entre esses animais, a onça pintada.
  • Bonito – Estado do Mato Grosso do Sul: a atividade mais recomendada da região são as atividades aquáticas nas águas transparentes dos rios, para ver peixes e (com sorte) uma gigante sucuri nos rios de bonito.
  • Litoral Sul – Estado de Santa Catarina: Entre os meses de agosto e novembro o litoral sul é o destino de baleias-franca e dos seus filhotes para o período de amamentação.
  • Abrolhos – Estado da Bahia: os meses de julho a novembro é possível observar as baleias Jubarte no parque nacional dos Abrolhos, 15 mil baleias da sua espécie saem da Antártida para o Brasil com o intuito de reprodução. As embarcações saem do município de Caravela e demora mais ou menos três horas para chegar no arquipélago.
  • Novo Airão – Estado do Amazonas: município do Amazonas que se encontra a 180 km de Manaus. Sobre o rio, há uma plataforma que é possível observar os animais como peixes-boi e botos sendo alimentados pelos funcionários.
  • Fernando de Noronha – Estado do Pernambuco: Localizado a 545 km de Recife, no arquipélago oceânico de Fernando de Noronha é possível encontrar peixes, tubarões, golfinhos, arraias, tartarugas e muito mais. Todas às segundas e quintas, biólogos do Projeto Tamar realizam, na Baía do Sueste, a captura de tartarugas marinhas, para estudo de informações como taxa de crescimento, desova, rota migratória, etc. A entrada é grátis, aberta ao público, e acontece ali mesmo na praia.

NEGÓCIO ILEGAL

Com base em estudos da comissão europeia o tráfico de animais selvagens é o quarto negócio ilegal mais lucrativo do mundo, perdendo apenas para o tráfico de drogas, o tráfico de seres humanos, e o do comércio de armas.

O lucro anual desse negócio gira em torno de 8 a 20 bilhões de euros.

Os animais selvagens mais vendidos são arara, papagaios, mico leão dourado, curiós, jabutis e etc.,

No entanto, no Brasil não é possível mantê-los em cativeiro, apenas em zoológicos, em entidades com fins científicos e que sejam legalizadas e controladas pelo Ibama, ou em outros lugares com autorização de autoridade competente.

COMO DENUNCIAS A VENDA DE ANIMAIS SELVAGENS

É importante que não se crie e nem se compre animais selvagens, mas além disso, podemos também denunciar de forma totalmente segura que faz o comércio ilegal.

Para denunciar quem vende animais selvagens é bastante simples. Primeiro você pode denunciar pela linha verde do ibama, ligando 0800 618080 de Segunda à sexta, das 8h às 18h ou fazendo a denuncia pelo site.

denuncia animais selvagens

Você também pode enviar um email diretamente para linhaverde.sede@ibama.gov.br

É de extrema importância que cada um faça a sua parte e ajude combater a venda ilegal de animais selvagens. O lugar deles é no seu habitat natural.

Ficou alguma dúvida? Nos mande sua pergunta pelos comentários abaixo ou por e-mail.