A grande questão que nos ronda há tempos é, porque algumas espécies de animais estão entrando em extinção? O que fazer para mudar esse cenário? Veremos a seguir as respostas dessas e de outras perguntas, como também tentar acha uma solução para esse problema em nosso País.

ESPÉCIES DE ANIMAIS EM EXTINÇÃO

De acordo com o MMA – Ministério do Meio Ambiente e o ICMBIO – Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, em 2008 o País apresentava no livro vermelho uma lista de 627 espécies em extinção, depois no ano de 2014, esse mesmo número aumentou para mais 1000 espécies de animais em extinção. Agora em 2017 não se sabe exato o quanto esse número já cresceu, mas dá para observar o nítido aumento do passar dos anos.

O Brasil é um país com uma biodiversidade enorme, porém mesmo assim, apresenta uma lista de animais de regiões que em pouco tempo podem ser extintos, entre eles estão o/a:

  • Ararajuba; encontrada somente na Amazônia, esse animal também é conhecido pelo nome de Guaruba. Motivos para a extinção: Desmatamento e o trágico da região amazonas.
  • Arara-azul; presente tanto no Pantanal como na Amazônia, como em outros sete Estados. Motivos para a extinção: Desmatamento do seu habitat, tráfico e caça ilegal.

arara azul em extinção

  • Ariranha; encontrada no Pantanal e Amazônia, também é conhecida como lontra gigante ou lobo do rio. Motivos para a extinção: Poluição dos rios, caça ilegal e pesca predatória.
  • Baleia-Franca-do-sul; encontrada no litoral Brasileiro. Motivos para a extinção: Poluição das águas, caça e pesca.
  • Cervo-do-pantanal; como próprio nome já diz é encontrado no Pantanal, mas também em outros biomas, como cerrado e Amazônia. Motivos para a extinção: caça ilegal, desmatamento, e a construção de hidrelétricas na bacia do Rio Paraná.
  • Gato-maracajá; o maior problema para esse animal está sendo a destruição do seu habitat natural.
  • Macaco-aranha; encontrado em alguns lugares do Brasil, mas principalmente na Amazônia. Motivos para a extinção: Tráfico, caça ilegal e desmatamento do seu habitat.
  • Lobo-guará; encontrado nos Pampas, Pantanal e Cerrado. Motivos para a extinção: desmatamento do seu habitat natural.
  • Mico-leão-dourado; encontrado na Mata Atlântica, mas já sofreu tanto com o tráfico e o desmatamento, que hoje é localizado somente no Rio de Janeiro.
  • Muriqui-do-norte; encontrado somente na Mara Atlântica. Motivos para a extinção; caça ilegal e desmatamento.
  • Udu-de-coroa-azul; encontrado na Mata Atlântica, Pantanal e Amazônia. Motivos para a extinção: desmatamento do seu habitat.
  • Onça-pintada; encontrada em quase todos os biomas do país com exceção dos Pampas (lá ele já foi extinto). Motivos para a extinção: tráfico e desmatamento do seu habitat.
  • Saíra-militar; encontrada na Mata Atlântica. Motivos para a extinção: desmatamento e tráfico da espécie.
  • Sapo-folha; encontrado/descoberto na Serra do Timbó/Bahia. Motivos para a extinção: desmatamento do seu habitat natural.
  • Soldadinho-do-Araripe; encontrado na chapa do Araripe no Ceará. Motivos para a extinção: desmatamento da região da Caatinga.
  • Tamanduá-bandeira; Encontrado no Pantanal, Mata Atlântica, Cerrado e Amazônia. Motivos para a extinção: desmatamento e queimada das regiões.
  • Tartaruga-de-couro; Encontrado nos oceanos tropicais e temperados. Motivos para a extinção: pesca ilegal.
  • Tartaruga-oliva; Encontrada no litoral sul de Alagoas e no Norte da Bahia. Motivos para a extinção: poluição das águas, pesca acidental e caça ilegal.
  • Uacari-branco; Encontrado na Amazônia. Motivos para a extinção: desmatamento e caça ilegal.

MOTIVOS PELOS QUAIS OS ANIMAIS ENTRAM EM EXTINÇÃO

Falamos acima um rol dos animais que estão entrando em extinção no nosso pais. Mas agora vamos falar os motivos que estão resultando nessa tragédia da biodiversidade. Os motivos mais claros são; o tráfico de animais, as queimadas, desmatamentos, poluição do ar e das águas, desaparecimento dos ecossistemas, caça predatória e as construções de hidrelétricas. Esses fatores influenciam e reduzem drasticamente as chances de sobrevivência de milhares de espécies.

onça em extinção

COMO AJUDAR OS ANIMAIS A NÃO ENTRAREM EM EXTINÇÃO?

É necessário uma ajuda mutua dos cidadãos, mas pequenas atitudes causam uma grande diferença.

1) Não se cale! Faça panfletos ou divulgue por outros meios a conscientização sobre a importância dos animais e mostrando principalmente como nossas atitudes impactam na vida deles.

2) Cobre dos representantes públicos medidas políticas, é obrigação dos mesmos legislar a favor da vida ou criar políticas públicas contra os desmatamentos e poluições presentes no País.

3) Nunca queime os resíduos sólidos e faça coletas de lixo, que serão mandados para indústrias recicláveis.

4) Prefira transportes coletivos, pegue caronas ou faça rodízio de carro com os amigos.

5) Use sacolas retornáveis; os sacos de lixos que param no mar matam inúmeros animais, que ficam engasgados.

6) Antes de jogar qualquer mobília fora, pense na sua reutilização de uma outra forma. A vida florestal agradece.

7) E por fim, não desperdice agua, o aumento da demanda de água causa um impacto direto nos ecossistemas aquáticos.

Ficou alguma dúvida? Nos faça sua pergunta, pode ser através dos comentários ou por e-mail.