Meu pet chora quando eu saio e agora?

Quer aprender como fazer seu cachorro parar de chorar quando você sai da casa? Aprenda como acabar com Ansiedade de separação agora mesmo!

Pode ter certeza que não é a toa que alguns donos se sentem como pais dos seus pets. Criar os nossos melhores amigos, nem sempre é fácil, ás vezes eles também dão alguns trabalhos.

Falamos isso no sentido de educação mesmo, há cachorros com problemas comportamentais que precisam ser vistos e revistos pelos seus donos para um crescimento saudável.

Temos como exemplo, cachorros que choram quando os donos saem de casa. Dá um aperto no coração enorme se deparar com uma cena dessas, não?

Mas é mais comum do que pensamos, principalmente quando o pet é um filhote. O dono tem sentimentos de culpa, é normal, porém, é preciso fazer com que isso não tome conta de você.

Há estratégias que podem te ajudar a eliminar esse problema. Para conferir quais são elas você deve ler o artigo que preparamos para você.

Mas por que os cachorros choram?

 A primeira coisa é tentar entender de onde vem esse comportamento do cachorro. Podemos começar citando até mesmo sua origem.

Para quem ainda não sabe, os cachorros são parentes bem próximos dos lobos, um animal social que está sempre em bando. Indicando uma necessidade de ter alguém próximo.

Mesmo depois de ficar mais domesticado, o cachorro precisa estar em convívio, assim, percebe a todos em seu lar como parte do círculo social.

A verdade é: Nenhum cachorro se sente confortável em passar o dia sozinho. Nenhum. Porém, há aqueles que se adaptam melhor, sabem que o dono vai voltar pra casa e afins.

Há outros que apresentam comportamentos, como por exemplo, chorar quando estão sozinhos.

Quando seu cachorro chora, na verdade, ele está deixando claro que está se sentindo solitário. O sentimento de solidão pode causar reações diferentes e você vai conferir agora algumas.

motivo cachorro chorar

1 – Tédio

 Sim, o seu cachorro pode estar chorando por sentir – se totalmente entediado. Ele olha para a casa e não vê ninguém, começa a procurar o que fazer e provavelmente, não deve encontrar.

Alguns cães se sentem menos entediados ou acabam arrumando algo para fazer, tudo isso depende da raça que estamos falando e também da personalidade do próprio cachorro.

A criação também diz muita coisa, por exemplo, há cães habituados desde cedo a estarem sozinhos, enquanto outros, nem tanto.

Há diversas formas de acabar com o tédio do seu cachorro durante o dia, para que ele não tenha esse sentimento ao ficar sozinho.

2 – Tristeza

 Nós humanos, diversas vezes choramos por tristeza e o mesmo pode acontecer com o pet. Claro que é uma tristeza diferente, mas não deixa de ser real.

O cão costuma reagir ao seu ambiente e as experiências que o mesmo proporcionar pra ele de forma imediata, ficando fácil detectar.

Em casa o pet pode chorar por uma experiência negativa, quando alguém da família morre ou se muda, quando muda de casa ou até de rotina. Dessa forma, ficar sozinho em casa é visto como algo ruim que ocasiona muita ansiedade no animal.

3 – Ansiedade

 A ansiedade também é um sentimento presente nos cachorros, um sentimento bem grave, inclusive.

Chama  se ansiedade de separação quando o cachorro se sente abandonado pelo dono e com medo do mesmo nunca mais voltar para casa.

É uma condição considerada mais graves, ainda mais quando se apresenta de forma intensa.

dicas para chorar

Dicas para que que os seu cão pare de chorar

Importante ressaltar que alguns cachorros choram, mas logo depois se acalmam e arrumar algo para fazer dentro de casa.

Porém, há cachorros que ficam o dia inteiro chorando, provavelmente algum vizinho vai te alertar sobre ou você mesmo vai ouvir quando estiver chegando em casa depois de horas fora.

Nesses casos é importante tentar seguir algumas dicas para acabar com esse problema.

1 – Defina uma rotina diária que seja confiável para seu pet

Quando um cão está chegando em uma família ele pode sofrer com a falta de rotina, o mesmo acontece quando há alguma mudança na vida da família.

Já citamos algumas delas, mas saiba que pequenas mudanças podem deixar seu cachorro desconfortável, como por exemplo, uma mudança de horário em seu trabalho.

A dica para que seu cachorro consiga se adaptar a uma rotina é muito fácil, coloque ele para comer, para brincar e passear todos os dias no mesmo horário, até mesmo nos finais de semana (o cachorro não consegue identificar que a rotina mudou porque é sábado, por exemplo).

Em pouco tempo seu cachorro vai estar adaptado a sua casa ou mesmo a nova mudança que aconteceu e provavelmente, os choros vão passar a não existir.

2 – Passeios, caminhadas e exercícios diários

 A maioria dos cachorros precisam gastar energia acumulada, principalmente se moram em um casa pequena ou em um apartamento.

Nesse caso a dica é investir em algum exercício, brincadeira ou mesmo passeio antes de você sair de casa.

Como resultado, o sistema nervoso do pet vai liberar serotonina, assim como acontece conosco depois da academia.

A serotonina é um neurotransmissor que causa sensação de calma e de felicidade, é uma ótima forma de preparar o seu cachorro para ficar sozinho.

3 – Deixe algo ligado quando sair

Uma dica bem legal e válida para que o seu cachorro não fique o dia todo chorando, é deixar o rádio ou a tv ligado quando estiver fora.

O ideal é colocar em um volume mais alto, para que realmente o pet possa ouvir. Alguns cachorros, inclusive, se sentem mais entretidos olhando a TV e acabam esquecendo que não há ninguém em casa.

4 – Brinquedo ‘’enigma de comida’’

Lembra que mencionamos que os cachorros chora muitas vezes porque está entediado? Uma das formas de acabar com isso é com um brinquedo interessante.

Hoje há uma opção bem interessante no mercado que serve para colocar pedaços de comida ou mesmo petiscos dentro.

O cachorro precisa aprender como retirar a comida do brinquedo e isso costuma o deixar entretido por algum tempo.

Por isso, entregue um brinquedo como esse assim que sair. Claro que essa é uma dica mais temporária ou que pode ser alinhada com as outras, porque assim que o cachorro descobre o tal ‘’enigma’’ isso perde a graça pra ele.

5 – Dessensibilização

 Esse processo com certeza é uma dos mais funcionais, já que você vai estar treinando o psicológico do seu cachorro de alguma forma.

Por exemplo, finja que está saindo e depois de alguns minutos, cerca de 5 ou 10 minutos, volte. O seu cachorro vai começar a internalizar que suas saídas são rápidas.

Quando você realmente sair para trabalhar ou ficar mais horas foras, ele vai associar com outras experiências e a chance de chorar é menor.

6 – Cuidado com o barulho ao sair

 Outra dica que pode ser sua aliada durante esse processo, é o silêncio quando estiver para sair de casa.

Ou seja, sem abraçar, beijar ou se despedir do seu cachorrinho. Todo esse ‘’drama’’ que você pode estar fazendo ao deixar seu cachorro, pode estar contribuindo para o comportamento de choro que ele anda tendo.

7 – Sem muito barulho quando chegar em casa

 O mesmo acontece quando você chega em casa, o ideal é não fazer muito barulho. Temos a mania de fazer uma grande festa, de adorar quando nosso pet pula em nós e afins.

Porém, reforçar que você chegou pode fazer com que seu cachorro continue chorando quando você tiver que ir embora.

8 – Tenha outro cachorro

Por que não ter outro companheiro? Se você tem condições financeiras, amor aos animais e espaço para isso, pode ser uma boa ideia dar de ‘’presente’’ a si mesmo e ao seu pet outro cachorro.

Seu cachorro vai se sentir menos sozinho, pois vai ter uma companhia durante o dia todo.

É uma ideia a ser considerada, principalmente em algumas raças (por exemplo, há cães que realmente tem uma grande dificuldade em estar sozinho).

9 – Não volte

 A pior coisa que você pode fazer para um cachorro é voltar porque ele está chorando.

Sabemos que o coração pode ficar partido, porém, você está somente adiando um momento de dor, já que em algum momento realmente vai precisar sair.

Além disso, você vai estar reforçando para o seu cachorro que chorar faz com que você volte. Esse comportamento é um dos piores em um momento como esse.

Portanto, deixe sua dó de lado e siga as outras estratégias para que o seu cachorro pare de chorar.

 10 – Creche para cachorros

 Essa não é uma opção que todos os donos podem, financeiramente falando. Porém, é uma forma de socializar seu cachorro, fazer com que ele se divirta, fique feliz e não chore.

Creches para cachorros tem feito um sucesso enorme e pode ser uma solução para quem não sabe mais o que fazer com o choro do seu cachorro.

Porém, o lado ‘’ruim’’ desses locais é que não são acessíveis para todos os donos, há períodos e pacotes, como se fosse realmente uma escola para cachorros.

Vale a pena dar uma pesquisada em como funciona esse serviço em sua cidade.

 11 – Medicamentos

Medicamentos com certeza não é o ideal em casos como esses, o certo é sempre tentar mudar o comportamento do cachorro.

Porém, alguns donos ficam realmente desesperados com essa situação e acabam apelando para remédios.

Há florais e outros tipos de medicamentos que podem sedar o cachorro ou mesmo aliviar a ansiedade, claro que o veterinário deve receitar e constatar a necessidade disso.

Alguns tutores já tiveram sucesso com isso, enquanto outros, perceberam efeitos colaterais, com o pet ficando mais agressivo por exemplo.

Por isso é sempre uma última possibilidade.

Gostou das dicas de hoje? Então continue em nosso site e confira muito mais.

 

You might also like

Leave A Reply

Your email address will not be published.