05 dicas para seu cachorro parar de pular nas visitas

Cachorros são os nossos melhores amigos, companheiros para todos os momentos e com certeza fazem a felicidade reinar em nossa casa.

Porém, ás vezes os pets também nos dão trabalho ou mesmo, nos fazem passar vergonha com visitas em casa. Quem nunca teve um cachorro que dava pulo gigantes ao chegar uma visita?

Quando isso se torna recorrente com certeza é um problema que merece melhor a nossa atenção, afinal, nem todas as visitas se sentem a vontade com essa recepção.

Pensando nisso, o artigo de hoje trouxe dicas efetivas para acalmar e para que o seu cachorro nunca mais tenha esse comportamento. Confira.

Mas por que os cachorros pulam?

 Antes de começar com nossas dicas, é muito importante entender porque os cachorros pulam nas pessoas. Na verdade, essa é uma forma de interação e de conseguir atenção.

Ou seja, o seu cachorro não está fazendo isso por mal, é uma forma de brincar, sentir o outro e interagir e com certeza ele não tem consciência no quanto está sendo desagradável pulando.

É preciso mostrar que há outras formas de interagir e de receber atenção das visitas sem precisar pular, por exemplo.

1 – Ensine o cão a sentar

 Vamos começar com o clássico reforço positivo, onde o cachorro ganhe uma recompensa quando tem um comportamento desejado. O comportamento nesse caso é o sentar.

Toda vez que o seu cachorro obedecer o comando de sentar, ele deve ser recompensado com um petisco, aos poucos, ele vai entender que aquele comportamento o traz recompensas.

Não será algo que você vai ensinar da noite para o dia, porém, não é uma tarefa difícil, em pouco tempo ele vai entender que sentar o trazer algum tipo de recompensa.

Muitos cachorros quando aprendem esse comando, tendem a ficar sentados em frente as visitas, aprendendo que essa é uma forma de contato.

2 – Ensine desde cedo

 Quando o cachorro é filhote, todas as pessoas acham fofo quando ele pula (até porque é algo inofensivo) e acabam dando carinho, atenção ou mesmo pegando no colo.

Os próprios donos reforçam esse comportamento e o pet vai crescendo achando que aquela é a forma certa de interagir. Acontece, que muitos cachorros acabam ficando grandes e machucando as pessoas com seus pulos.

A dica é que os donos treinem seus cachorros a não pular nas pessoas desde cedo, com o comando de sentar que ensinamos, por exemplo.

Os cachorros são parecidos com crianças nesse aspecto, a educação deve vir desde cedo. Extinguir o comportamento depois de adulto não é algo impossível, mas com certeza é bem mais difícil.

cachorro

3 – Ignorar

Se o seu cão está pulando nas visitas, provavelmente ele deve estar fazendo o mesmo com você ao chegar em casa e nesses casos você não deve fazer nada.

Isso mesmo, se você brigar com seu cachorro, tentar o empurrar ou ter qualquer outra reação, ele vai achar que você está brincando com ele e de forma indireta, você vai estar reforçando o comportamento de pular.

Um cão realmente entende que não deve reproduzir aquele comportamento quando é totalmente ignorado. Depois de algum tempo, quando o seu cachorro estiver mais calmo e com um comportamento adequado, como por exemplo, sentado é hora de o dar carinho e / ou atenção.

Fazendo isso, o seu cachorro vai entender que o comportamento de pular não o traz vantagens, mas que ao estar sentado, ele recebe algo do seu dono.

O mesmo acontece com as visitas, se possível, peça para que as pessoas ignorem o seu cachorro quando ele estiver pulando.

4 – Bloqueio com o corpo

Mais uma dica para aplicar quando o seu cachorro pular em você, para evitar que esse comportamento seja reproduzido quando alguma visita chegar em sua casa.

Para realizar o bloqueio com o corpo você deve virar de lado e / ou esticar a perna até pisar no espaço que o seu cachorro está ocupando. Outra forma, é realizar um bloqueio com os quadris para que as patas do cachorro não cheguem a encostar em você.

Lembrando que se a pata do cachorro chegar a de tocar, ele finalmente conseguiu o que queria e assim que ele ficar de quatro novamente, você deve reforçar a palavra ‘’senta’’, quando ele o fizer, dê o reforço positivo.

Fazendo isso toda vez que o cachorro pular, em breve ele começa entender que não é esse comportamento que lhe dá benefícios, por exemplo.

5 – Treinar com o barulho da campainha

 Os cães já começam a ficar agitados ao ouvir o barulho da campainha, por isso, treinar o seu cachorro para ouvir esse barulho e sentar também é uma boa estratégia.

A técnica também é por reforço positivo, ou seja, um petisco ou carinho quando a campainha tocar e ele permanecer calmo e / ou sentado.

 

You might also like

Leave A Reply

Your email address will not be published.