Como escolher a coleira perfeita para seu cachorro

O cachorro precisa de coleira por diversos motivos, como por exemplo, para ir passear, para adestramento ou mesmo para ficar em casa em alguns casos.

Não importa o motivo, o ideal é sempre escolher uma coleira que fique perfeita no seu cão, afinal, isso vai garantir o conforto quando o mesmo estiver a usando.

Mas como escolher a coleira perfeita? Você vai descobrir com as dicas que preparamos em nosso artigo de hoje.

Como escolher a coleira perfeita?

Passear com o cachorro está na listinha das obrigações que um tutor tem, o passeio é essencial para a saúde e felicidade do seu cachorrinho, é um momento onde ele se exercita e até mesmo cansa para ser menos agitado em casa.

Mas, nem sempre esse momento é tranquilo, ás vezes o dono passa por um estresse grande com o pet e com a correria do dia – a – dia, esse momento deve ser planejado com mais cuidado, afinal, nunca é um ‘’simples passeio’’.

 Nessas horas o melhor é contar a coleira certa, ela pode ajudar o seu cachorro a descobrir novos lugares sem estresse e sem risco. 

Leve em consideração o tamanho do seu cachorro

Tirar as medidas do seu cachorro é algo essencial para a escolha perfeita, porém, é preciso também levar em consideração o porte do seu cachorro.

husky siberiano

Por exemplo, para cachorros filhotes ou micro encontrar uma coleira não é uma tarefa nada fácil. A vantagem é que nesse caso existe um ‘’padrão’’ e para escolher a coleira perfeita, ela precisa ter entre 18 e 26 cm de comprimento.

  • Já cachorros de porte pequeno com o Yorkshire, por exemplo, precisam de algo um pouco maior, entre 25 até 33 cm de comprimento. É preciso ter atenção, algumas raças de cachorro podem estar tanto na lista de ‘’micro’’ como na lista de cães de pequeno porte e nesses casos o ideal é sempre tirar a medida exata do cãozinho.
  • Cachorros de porte médio precisam de uma coleira entre 30 e 38 cm de comprimento para se sentirem totalmente confortáveis. Os cachorros considerados grandes precisam de coleiras entre 42 e 52 cm de comprimento.
  • Por fim, temos a categoria de cachorro extra grande, onde o comprimento mínimo é de 50 cm e pode chegar até 50 cm a depender de cada cão. Com certeza esse é um dos casos que requer maior cuidado para acertar na escolha e ainda deixar o seu cachorro totalmente confortável e sem riscos.

Garanta o tamanho certo

É muito importante lembrar que os cachorros não possuem um peso ou mesmo uma medida fixa durante toda a vida, isso vai sempre mudando e você pode ir trocando de coleira conforme as novas necessidades.

Mesmo com a média que colocamos acima, você deve sempre levar em conta outros números do seu cachorro, antes de levar a coleira para garantir que vai servir.

Uma coleira que é aperta demais pode machucar o seu cachorro, o fazendo engasgar ou mesmo o enforcando. Uma coleira solta demais também pode causar danos no animais, podendo ainda enroscar em outros objetos e superfícies, algo considerado perigoso.

Mesmo depois de comprar a coleira ‘’perfeita’’ é importante que você esteja sempre medindo seu cachorro. Anote tudo em um local seguro para sempre recorrer a essas anotações na hora de atualizar a coleira.

Segundo especialistas, a partir dessas medidas, deve – se acrescentar cerca de 2 a 5 cm para que o acessório fique totalmente confortável no pet.

Saiba como tirar as medidas certas do seu cão

Falamos tanto no quanto a medida é importante para que a coleira seja perfeita, mas é preciso saber como a realizar da melhor forma.

As medidas podem ser tiradas com ajuda da fita métrica, uma segunda opção seria optar por barbante (dê a volta no pescoço do pet com o material, marque com os dedos os pontos que os barbantes se encontram, por fim, estenda a tira de barbante sob uma superfície plana, medindo todo o trecho com régua).

medidas cachorro

A dica no caso dos cães filhotes é checar a coleira semanalmente, para isso, veja se na coleira passa dois ou três dedos de forma fácil. Se não passar ou estiver muito apertado, o ideal é já ir comprando algo novo para o filhote.

 Leve em consideração as atividades que serão feitas com a coleira

Uma coleira utilizada no dia – a – dia é totalmente diferente de uma coleira utilizada para adestrar o seu cachorro, por exemplo. As mudanças podem variar em tamanho e até mesmo no material com que a coleira é feita.

A dica é tentar adequar o material e o tamanho do acessório mediante a atividade que o seu cão vai realizar. Por isso é algo ‘’normal’’ tutores com mais de uma coleira para cachorros, cada uma para ocasiões diversas.

Peça ajuda de quem entende

Para finalizar as nossas dicas, que tal pedir ajudar para o vendedor do pet shop ou da loja que você está indo realizar suas compras?

Com as medidas e a raça, o profissional pode te dar as melhores dicas em relação ao material e até mesmo durabilidade e conforto das marcas, porque sim, há diferença entre as marcas que estão no mercado.

Nem sempre significa que a mais cara é a melhor, por exemplo. Esse profissional consegue te explicar pequenas diferenças que vão fazer total diferença para o conforto do seu pet.

Conheça os 05 principais tipos de coleiras:

Dentre todas as coleiras, há cinco principais tipos na hora de você escolher.

Separamos também cada uma delas para você poder selecionar a que melhor se encaixa para você.

Coleira de nylon para ficar em casa

Sim, ás vezes o cachorro necessita de coleira para ficar em casa, principalmente quando estão com algum problema de comportamento.

A coleira pode ajudar os donos quando os cães tentam pular em alguma visita, brigar com outro animal de estimação que vive na mesma casa e até mesmo para a hora do banho (que pode ser um verdadeiro terror).

coleira de nylon

Se você está pensando em colocar uma coleira no seu pet no dia – a – dia, saiba que o ideal são os modelos de nylon.

Além do material, esteja atento ao tamanho, o cachorro precisa estar confortável em casa, dessa forma, a coleira não deve ser nem apertada e nem larga.

O material de nylon é a melhor opção porque é mais durável e seca mais rápido, características importantes para um produto utilizado todos os dias. O fecho é outra parte importante para a escolha dessa coleira.

Coleira para treinamento e passeios

 A coleira do tipo ‘’Gentle Leader’’ acaba por ser a mais indicada para quem deseja treinar o seu cachorro ou mesmo o levar para passear. Essa coleira requer adaptação.

Por mais que pareça algo desconfortável para o seu cachorro, não precisa se preocupar, ela não vai causar nenhum machucado ou mesmo desconforto para ele.

gentle leader

A coleira funciona como um cabresto, com uma tira de nylon para a região do focinho e outro para o pescoço do seu cachorro, essas tiras servem para ‘’avisar’’ o seu pet que a pessoa que o segura está com total controle.

A guia dessa coleira fica afixada em uma argola e esse tipo de coleira é indicada para cães mais agitados, cães fortes ou dominantes. Pode ainda ser útil para cães com excesso de medo e timidez.

Peitoralpeitoral

A coleira do tipo ‘’peitoral’’ é uma das mais procuradas no mercado e por isso está aqui em nossa lista. A coleira é mais utilizada em cães de raça de pequeno porte.

Porém, todos os cachorros podem utilizar dessa coleira, até mesmo raças maiores, mas deve ser sempre comprada no tamanho certo, senão o dono vai correr o risco do cachorro acabar se soltando.

Os donos acabam optando por esse tipo de coleira quando o cachorro fica muito afoito na rua e acaba se engasgando com a guia, por exemplo.

Há diversos tipos de coleiras no estilo ‘’peitoral’’, as mais indicadas são feitas de nylon e as pequenas mudanças desses modelos podem ajudar o seu cachorro a se adaptar melhor a coleira.

Coleira Martingale

 A coleira no modelo martingale também é uma ótima opção para quem tem cachorros que tentam escapar a todo custo. O grande diferencial dessa coleira é o anel de metal em cada extremidade, com um laço separado que passa através de 2 anéis para criar o colarinho.

A coleira aperta contra o pescoço do pet caso ele tente escapar, quando ele anda corretamente ou está ao meio de um passeio, não há nenhum incomodo.

modelo martingale

É importante ressaltar que a coleira só será apertada quando você precisa, ou seja, naqueles momentos de tensão com o seu cachorro. Em momentos ‘’normais’’ a coleira consegue ser mais confortável do que outros modelos, inclusive.

Por isso, se o seu cachorro está começando a ir para os passeios agora ou é mesmo agitado por natureza, essa acaba sendo uma ótima opção.

Guia retrátil

Por fim, temos a guia retrátil, uma coleira escolhida para quem deseja passear com o seu cachorro sem tantos cuidados.

Tudo isso acontece porque a coleira tem uma engenhoca de plástico do tipo rígido em uma extremidade, onde a guia da coleira que é formada por um cabo fino, fica enrolada de forma automática.

coleira retratil

Além disso, há a possibilidade de ‘’dosar’’ o tamanho da guia disponível para o seu cachorro.

Importante ressaltar que mesmo essa coleira sendo considerada boa, prática e confortável para o seu cachorro, ela deve ser utilizada por cachorros comportamentos, que estão acostumados a passear e ainda sim em locais com pouco movimento de veículos para evitar possíveis acidentes.

Gostou das dicas de hoje? Então continue em nosso site e confira muito mais.

 

 

You might also like

Leave A Reply

Your email address will not be published.