Qual o Melhor Calmante para Cachorro?

calmante para cachorro

Em alguns momento você terá que utilizar calmante para cachorro, você sabia disso? O melhor amigo do homem, não é só um simples animal, ele apresenta aspectos muito semelhantes com o dos seres humanos.

Ainda mais em dias como o que vivemos atualmente, o estresse sempre está presente na maioria das pessoas. O que acaba sendo transmitido para o seu animal de estimação, contaminado ele com este mal.

Para tratar é preciso aderir a calmante para cachorro e promover maior conforto. Mas ainda é muito comum as pessoas terem dúvidas. Ou até medo mesmo de utilizar tais métodos para acalmar os nervos do animal.

Sabendo disso, é essencial que busque novas informações para não errar em determinado detalhe que possa agravar ainda a situação.

calmante para cachorro

Por que dar calmante para cachorro?

São vário motivos que podem causar o estresse no cachorro e alterar os níveis hormonais do organismo dele acabando. Como consequência, em um quadro irregular de saúde, podendo até mesmo pôr em risco a vida do animal.Sendo assim, um tratamento, não muito longo, com calmante para cachorro se mostra muito interessante. Pois atinge diretamente em alguns aspectos.

  • Acalma os nervos

Com os nervos alterados, por via do estresse, ninguém consegue se controlar. É um incômodo que cresce mais, cada vez que você tenta melhorar. Da mesma forma acontece com os cachorros, é tão desconfortável que acaba sendo exaustivo e prejudicial.

Diante uma situação desta, nem mesmo descansar adequadamente será possível. Então a calmaria nos nervos é um dos motivos para que você utilize o calmante para cachorro em seu animal de estimação mais querido.

  • Prevalece o bem-estar

Justamente por acalmar os nervos, o bem-estar do animal. Além da qualidade de vida, será uma consequência bem agradável para o cachorro. Assim, ele conseguirá superar a situação desagradável com mais tranquilidade.

Com a utilização do calmante para cachorro dois aspectos ainda são colocados em ordem. Pois é notável uma redução da excitação e também da agitação em que ele esteja.

Calmante para cachorro pode ser dado de qualquer forma?

Quando você está com um problema de saúde e vai ao médico, na tentativa de melhorar,o que ele prescreve para você?

Ele manda você tomar determinado remédio, mas não de forma aleatória, o profissional da saúde recomenda também o tamanho da dosagem e o horário de cada ingestão. Favorecendo assim, uma recuperação mais rápida, sem que outros problemas sejam gerados.

Então, da mesma forma deve acontecer com seu animal. Calmante para cachorro não deixa de ser um medicamento que necessite de atenção profissional, para não exagerar e acabar, como consequência, em problemas mais sérios na saúde do cachorro.

Por isso que o mais adequado é você procurar um veterinário e apresentar a ele o quadro em que o seu animal de estimação se encontra, para que ele avalie e passe o melhor método para tal situação.

Tipos de calmante para cachorro

Os tipos deste redutor de estresse são incontáveis, na verdade são milhões, o que gera mais uma dúvida para saber qual o melhor e mais adequado.

Sendo assim, dentre tantas marcas e misturas de substâncias diferentes, existem dois modelos, os que são naturais e os que contém alguma química em sua composição.

  • Naturais

Os medicamentos naturais já são bem conhecidos entre nós, seres humanos, pois é comum no dia a dia, outros nem tanto, mas em geral já somos familiarizados com tais calmantes naturais.

Um dele é o chá de camomila. Este possui um bom poder de calmaria no indivíduo que ingerir, fazendo ficar mais tranquilo. Da mesma forma acontece no organismo de um cachorro.

Mas quando a situação é um pouco mais grave, apostar em chá de valeriana é a melhor solução.

Este calmante para cachorro é recomendado para momento de um grande estresse vivido pelo animal, diferente do chá de camomila, no qual não necessita de a situação estar mais complicada.

Além disso, caso seja preferível pelo dono do cachorro não fazer o próprio chá, existem comprimidos, também naturais, destas plantas. Vai do gosto de cada um.

  • Químicos

Já este tipo de calmante para cachorro necessita de uma atenção maior, pois atinge diretamente o sistema nervoso do animal com substâncias, em alguns casos, perigosas.

Em bom medicamento para ser usado neste caso, são os fabricados à base de acepromazina. Saber a dosagem ideal é sempre uma forma de garantir a saúde do animal e evitar riscos mais alarmantes e problemáticos para o seu cachorro.

Portanto, o veterinário deve ser consultado, sem dúvidas, a dosagem certa pode tratar o mal, porém, quando errada a dosagem pode ser apenas um passo para problemas menos desejados.

Qual o melhor momento para dar calmante para cachorro?

Existem momento que se tornam mais interessantes para utilizar o calmante em seu cachorro. Momentos estes que podem vir a ser até preventivos, já que por saber que o estresse virá a ingestão deste medicamento será antecipado.

Assim, é possível fazer com que o animal fique o mais calmo possível em momentos que seriam de puro estresse para ele.

Mas como saber que determinado momento não será tão bom para o animal de estimação e oferecer um calmante, evitando o pior?

  • Eventos

É simples, o cachorro pode ser agitado em alguns momentos, porém, quando ele está descansando, com certeza, a única coisa que ele não vai querer é perturbação, em períodos de barulhos intenso.

Este é uma das formas que podemos aproveitar para dar um calmante.Por exemplo, nos fogos de final de ano. A intensidade do barulho pode ser perturbadora para qualquer cachorro

  • Mudança de lar

Se mudar também é um dilema para seu animal de estimação. Principalmente quando se trata de uma troca de cidades. Por alguns dias, o uso do calmante será essencial para garantir o conforto do mesmo.

Portanto, se você pretende dar um calmante para cachorro, tenha cautela. Assim, você promoverá maior satisfação para seu animal e também para você. Bom descanso!

 

calmantes para cachorros

 

Veja também:

 Como as plantas de Alimentam? 

Animais Selvagens Proteja você também

O que são recursos naturais renováveis?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *