Qual o Melhor Calmante para Cachorro?

Calmante cachorro
Você está pensando em usar calmantes para o seu cachorro? Saiba primeiros tudo sobre o assunto com nosso artigo completo.

O melhor amigo do homem, não é só um simples animal, ele apresenta aspectos muito semelhantes com o dos seres humanos, como o estresse.

Ainda mais em dias como o que vivemos atualmente, o estresse sempre está presente na maioria das pessoas, o que acaba sendo transmitido para o seu animal de estimação, contaminado ele com este mal.

Destaca-se que nem sempre é preciso aderir a calmante para cachorro, visto que o remédio apenas cuidará do sintoma do problema e não da causa.

Caso você queira saber os perigos, e se ou quando deve usar estes medicamentos, basta continuar lendo..

É essencial que busque novas informações para não errar em determinado detalhe que possa agravar ainda a situação.

 Aviso :Tome muito cuidado ao dar remédios sem indicação de um veterinário. É sempre preferível que você procure soluções mais naturais.

O melhor calmante natural  para seu cachorro:

Primeiro é importante destacar.

Todo calmante é remédio e pode sim fazer mal pro seu cachorro! Principalmente se dado sem a devida consulta e indicação médica, levando até em alguns casos em problemas sérios de saúde para seu cachorrinho.
  • Você pode clicar aqui e conhecer agora a melhor solução para acalmar o seu Pet com segurança e sem custos mensais.

Porém, há casos específicos em que é necessário dar o remédio para o seu Cão. Pensando nisso, selecionamos os 02 melhores do mercado.

Calmante Calmavet (Brometos, Clorobutanol E Passiflora)

calmavet

Este é um calmante natural que tem função anticonvulsivante e antiemético. Tenho escutado ótimos relatos de amigos criadores, que conseguiram finalmente acalmar o seu amigo.

Ele também funciona para cachorros e gatos!

Uma excelente escolha para quem precisa de um solução urgente, mas não quer dar nada forte para seu cachorro

Calmyn Dog

calmyn dog

Este é um suplemento mineral vitamínico com aminoácido para cachorros.

Ele ativa a serotonina no seu animal.

Ele é também natural, o que pode ser utilizado para todos os cães de qualquer idade.

Entre os dois, eu recomendo o anterior, mas este também é uma excelente opção caso o anterior não surta o efeito desejado.

Antes de dar remédio para seu animal

Mesmo em remédio chamados de “naturais, eu odeio dar qualquer tipo de coisa sintética para o meu cachorro, visto que muitas vezes irão fazer mal e prejudicar a saúde do meu bichinho, além de nunca resolver a fonte do problema.

Eu tenho uma matilha de cachorros, e ainda bem que a grande maioria são calmos e obedientes (até certo ponto!). Mas tem três criaturas que valem por 100! O Simba por exemplo, é minha paixão, mas é também é danado ao extremo, principalmente quando eu saiu ou não posso dar tanta atenção naquele dia para ele.

Tentei de tudo, brigar, treinar e até implorar (sério!). Nada funcionava. Então eu tive que fazer o que eu faço melhor, pesquisar!

Após muitos testes e pesquisas, principalmente em fóruns e sites americanos, encontrei um colete calmante (igual a do foto abaixo), que promete acalmar o cachorro e fazer ele se sentir mais seguro, principalmente quando o tutor saí de casa.

Vocês podem ver como o colete deixa o cão calmo!

Bem, ela é linda, e ganhou alguns prêmios nos Estados Unidos, mas ainda estava com dúvidas se ela ia acalmar meu Simba.

Comprei o produto com MUITA dificuldade, visto que tive que pedir para uma amiga nos Estados Unidos ir comprar e enviar para mim, já que não tinha no Brasil. Após alguma espera, chegou na minha casa! Já me perguntava se ia funcionar ou não, após aquele trabalho todo.

Nem acreditei, ele se apaixonou a primeira vista. Agora restava saber se ia fazer o que prometia! Acalmar o meu simba.

Fiz o teste, deixei ele deitadinho e fui para a porta de casa, fingir que ia sair (que era a hora que ele mais chorava e virava um destruidor), não acreditei quando não aconteceu nada. Isso mesmo, nada! Antigamente era um choro sem fim, latido sem parar, e quando eu não respondia ou voltava ele começava a tirar minhas almofadas do lugar e a morder o que não podia.

Voltei calmamente pra dentro de casa, e lá estava ele, deitadinho e calmo. Nem estava acreditando! 

Agora que eu já tinha um (dos três danados) mais calmo, eu precisava de mais dois o mais rápido possível.

Foi aí que encontrei no Brasil um revendedor exclusivo e entrei em contato com o dono do site Colete Abraço Calmante.

Com isso consegui uma promoção EXCLUSIVA PARA MEUS LEITORES de 35% + Frete grátis, por tempo limitado e apenas para os 20 primeiros pedidos, para quem deseja um para seu bichinho de estimação.

Para saber mais, basta clicar no botão abaixo.

Eu quero meu cachorro calmo!

Outros métodos naturais:

Além dos remédios (que fazem mal), e da bola mágica (que salvou minha vida!), exite algumas formas para quem não pode gastar com nada neste momento. Elas exigem um pouco mais de trabalho, porém também são eficazes.

Separei algumas dicas para vocês:

acalmar o seu animal

Por isso separamos 02 formas naturais de acalmar o seu animal:

Dica 1: Suplementos naturais a base de maracujá

Suplementos naturais a base de maracujá são excelentes para o seu animal.

É importante que não se dê a fruta diretamente. A semente faz muito mal para o seu animal, podendo levar ao envenenamento.

Por isso existe ótimos produtos no mercado, você pode procurar no seu pet show mais perto por calmantes naturais.

É uma excelente opção, visto que por ser 100% natural, não oferece nenhum risco ao seu cachorrinho.

Dica 2: Cansar o animal

Isso mesmo. Passear com seu animal e esgotar as energias do seu animal resolve o problema em 80% das vezes.

Geralmente o seu cachorro está estressado simplesmente porque está com muita energia acumulada.

Eles são bastante ativos, e  se você mora em uma casa que não tenha espaço para ele correr e não passeia diariamente, seu cachorro vai ficar muito estressado e agitado.

Não há quantidade de medicamento no mundo que resolva esse problema!

É importante todo dono de cachorro saber, que sempre a melhor solução é um excelente treinamento. Vai resolver a causa do problema e não o sintoma.

Benefícios do remédio para o meu cachorro?

Só se deve dar calmante para o seu cachorro caso o veterinário recomende, e nunca deve ser utilizado constantemente.

São vário motivos que podem causar o estresse no cachorro e alterar os níveis hormonais do organismo dele acabando.

Há casos tão extremos de estresse no cachorro, que o dono acaba querendo doar o seu animal!

Como consequência, em um quadro irregular de saúde, dar medicamentos indiscriminadamente pode até mesmo pôr em risco a vida do animal.

Muitas vezes basta um treinamento adequado para o cachorro se comportar de forma correta.

Sendo assim, um tratamento, não muito longo, com calmante para cachorro se mostra muito interessante apenas em casos específicos, como em caso de uma viagem ou mudança de casa.

Veja as vantagens de utilizar o calmante:

  • Acalma os nervos

Com os nervos alterados por via do estresse, ninguém consegue se controlar. É um incômodo que cresce mais cada vez que você tenta melhorar. Da mesma forma acontece com os cachorros, é tão desconfortável que acaba sendo exaustivo e prejudicial.

Diante uma situação como mudança ou viagem, nem mesmo descansar adequadamente será possível

Então o dono do animal pode acabar recorrendo para calmantes para cachorro, em uma forma de aliviar os sintomas de estresse.

  • Prevalece o bem-estar

Justamente por acalmar os nervos e ajudar no bem-estar do animal.

Desta forma ele conseguirá superar a situação desagradável com mais tranquilidade.

Com a utilização do calmante para cachorro dois aspectos ainda são corrigidos, pois há uma redução da excitação e também da agitação em que ele esteja.

aviso

Calmante para cachorro pode ser dado de qualquer forma?

Quando você está com um problema de saúde e vai ao médico, na tentativa de melhorar,o que ele prescreve para você?

Ele manda você tomar determinado remédio, mas não de forma aleatória, o profissional da saúde recomenda também o tamanho da dosagem e o horário de cada ingestão. Favorecendo assim, uma recuperação mais rápida, sem que outros problemas sejam gerados.

Então, da mesma forma deve acontecer com seu animal. Calmante para cachorro não deixa de ser um medicamento que necessite de atenção profissional, para não exagerar e acabar, como consequência, em problemas mais sérios na saúde do cachorro.

Por isso que o mais adequado é você procurar um veterinário e apresentar a ele o quadro em que o seu animal de estimação se encontra, para que ele avalie e passe o melhor método para tal situação.

Mas então como deixar o meu cachorro calmo?

É importante destacar que nem sempre dar remédio para o seu melhor amigo é a solução ideal, visto que 99,9% das vezes o cachorro não precisa de nenhum relaxante e sim de um treinamento correto.

O nosso animal de estimação responde a nossos comandos e estados emocionais, da mesma forma que as outras pessoas ao nosso redor. A diferença é que não podemos simplesmente “ordenar” que ele se acalme, é necessário entender porque ele está agindo assim.

O Calmante só vai agir no sintoma e não na causa, por isso é importante entender como adestrar e cuidar melhor do seu amigão.

Tipos de calmante para cachorro

Há inúmeros remédios no mercado que funciona como calmantes para seu cachorro, o que gera mais uma dúvida para saber qual o melhor e mais adequado.

Sendo assim, dentre tantas marcas e misturas de substâncias diferentes, é importante diferenciar em os que são naturais e os que contém alguma química em sua composição.

  • Naturais

Os medicamentos naturais já são bem conhecidos entre nós, seres humanos, pois é comum no dia a dia, outros nem tanto, mas em geral já somos familiarizados com este tipo de remédio.

Um dele é o chá de camomila. Este possui um bom poder de calmaria no indivíduo que ingerir, fazendo ficar mais tranquilo. Da mesma forma acontece no organismo de um cachorro.

Mas quando a situação é um pouco mais grave, apostar em chá de valeriana é a melhor solução.

Este calmante para cachorro é recomendado para momento de um grande estresse vivido pelo animal, diferente do chá de camomila, que tem um efeito um pouco mais fraco.

Não é recomendado que o dono faça só estes tipos de calmantes naturais, visto que há diferenças entre o ser humano e um cachorro. Procure em pet shops especializados.
  • Químicos

Já este tipo de remédio necessita de uma atenção maior, pois atinge diretamente o sistema nervoso do animal com substâncias, em alguns casos, perigosas.

Em bom medicamento para ser usado neste caso, são os fabricados à base de acepromazina. Saber a dosagem ideal é sempre uma forma de garantir a saúde do animal e evitar riscos mais alarmantes e problemáticos para o seu cachorro.

Portanto, o veterinário deve ser consultado, sem dúvidas, a dosagem certa pode tratar o mal, porém, quando errada a dosagem pode ser apenas mais um passo para problemas bem mais sérios.

Qual o melhor momento para dar o remédio para cachorro?

Existem momento que se tornam mais interessantes para utilizar o calmante em seu cachorro. Momentos estes que se pode preventivamente evitar o estresse que seu animal irá passar, já administrando o remédio antecipadamente.

Assim, é possível fazer com que o animal fique o mais calmo possível em momentos que seriam de puro estresse para ele.

Mas como saber que determinado momento não será tão bom para o animal de estimação e oferecer um calmante, evitando o pior?

  • Eventos

É simples, o cachorro pode ser agitado em alguns momentos, porém, quando ele está descansando, com certeza, a única coisa que ele não vai querer é perturbação, como em períodos de barulhos intenso.

Este é uma das formas que podemos aproveitar para dar um calmante.Por exemplo, nos fogos de final de ano. A intensidade do barulho pode ser perturbadora para qualquer cachorro.

Outro exemplo é se você vai fazer uma grande festa em sua casa.

  • Mudança de lar

Se mudar também é um dilema para seu animal de estimação.,

Principalmente quando se trata de uma troca de cidades. Por alguns dias, o uso do calmante será essencial para garantir o conforto do mesmo.

Portanto, se você pretende dar um calmante para cachorro, tenha cautela. Assim, você promoverá maior satisfação para seu animal e também para você.

Caso tenha qualquer dúvida, você pode deixar seu comentário abaixo.

 

Veja também:

 Como as plantas de Alimentam? 

Animais Selvagens Proteja você também

O que são recursos naturais renováveis?

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Continue lendo:

33 respostas

  1. boa tarde, minha cadela está se mutilando,ela conseguiu arrancar o próprio rabo, ja coloquei adestrador (que o mesmo ja se dispensou), por não ter estímulos da parte dela, ja dei vários remedios mas ainda não consegui acertar com nenhum. atualmente dou floraes para caes : para stress e auto mutilação e passalix ela fica ate um pouco calma, mas volta e meia fica girando pra comer o rabo. Ela esta a 8 meses com color de Elizabetano, toda semana eu tenho que trocar pq ela consegue destruir. Ja tentei uma focinheira, mas na minha ultima tentativa ela querendo arrancar, ela batendo com o focinho no chão conseguiu arrancar uns 5 dentes na tentativa de tirar o utensilio. Faço passeios com ela, corrida isso tudo a com ela a base de calmante. Mas sem sucesso, agora ela esta mordendo a pata estou desesperada ja. Tive um gasto com ele de mais de 5 mil de 8 meses pra cá. Será que alguem poderia me ajudar? Eu me separei e vim morar na casa dos meus pais aonde eu estou construindo, acho que isso deve ter enfurecido ela também. Me ajudem

  2. Minha cachorrinha é idosa e está mostrando sinais de ansiedade, queria dar algo com passiflora pra aliviar os sintomas. Acredito que uma das causas seja a cegueira associada ao grande movimento na rua, próximo ao portão. Não gosto de vê-la aflita.

  3. Minha cachorra adotou e amamenta meu gato, isso ja faz um ano e o problema agora é q ela fica só chorando e correndo atras do gato por todo o pátio, já nao sei o q fzr acho q ela está enlouquecendo… Preciso de ajuda

  4. Meu cachorro é uma mistura de vira lata com beagle, tem 6 meses e está muito agitado, para eu cuidar do quintal, estender roupa no varal, não estou conseguindo, está destruindo tudo. Posso dar um calmante natural?

  5. Tenho duas cadelas shit zu de 5 anos …. sao irmas e de 30 dias pra ca elas se olham e saem nos tapas
    Nao sei o que fazer mais pra.resolver o problema.
    Poderia me orientar

  6. Boa tarde
    Tenho um poodle de 20 anos que não dorme a noite. Troca o dia pela noite, late muito de madrugada e ja tentei dar floral e maracujina, mas nada adianta. Posso dar qual remedio pra ela dormir tranquila a noite toda?

      1. Bom dia, tenho uma cachorra yorkshire de 1ano e 6 meses, mesmo passeando com ela, toda vez que saio de casa ela fica latindo muito, e os vizinhos estão reclamando.Ha algo que eu posso fazer, ou dar para ela ficar calma?

  7. Bom dia,

    Tenho um poodle de quase 20 anos, que não dorme a noite , chora o dia inteiro e tosse demais, já levei ao veterinário e o mesmo diz que não tem mais o que fazer, vc poderia me ajudar em relação ao que devo fazer para ele dormir a noite.

  8. Olá! Tenho uma cachorra que machucou a pata, no cotovelo, no calo de apoio, quando vi já estava ferida aberta. Veterinario foi em casa e receitou antibiotico e antiinflamatorio, tb pomada. Mas como o outro cachorro ficava lambendo, fechei a ferida com uma atadura própria. Porém piorou. Agora estou passando rifocina e tentando separar os 2 cachorros, mas é muito estressante pq o outro cachorro se esguela de chorar e latir o dia todo. Não sei mais o que fazer, espero que melhore logo.

    1. Olá Maria,

      Siga o que seu veterinário recomenda. Caso esteja tendo algum efeito colateral, é recomendado que você volte a ele e conte o ocorrido!
      Não tente mudar a mediação sozinha sem o aconselhamento do especialista.

      Abraços.

  9. Bom dia. Tenho um pinsher rebelde demais, já idoso. Não deixa a gente dá banho nem pegar no colo nem nada. Iremos viajar e temos que levá-lo. O que fazer pra conseguir dar banho???? Acho que precisa de calmante , será? Bj

  10. Boa noite. tenho uma cachorrinha de 25 anos, ela chora toda noite todos os dias. ela começa la pelas 19:00, tem intervalos que ela para, mas chora demais. ela nao tem pulga, nao tem carrapatos, nem nada desse tipo. No momento estou desempregada e nao posso levar ela no veterinario, tenho mais 5 animais, todos de rua. Nao sei o que fazer por ela. ela chora demais. Ja levei ela no veterinário a alguns meses atrás, na época era o ouvido, comprei o remédio, tratei melhorou. Mas creio que nao é o ouvido. Ela tem periodo que dorme, dorme muito, ai acorda e fica nesse chororo sem sim. Pior que nao sei o que fazer. Ela é castrada. Eu acho que pode ser senilidade. Mas nao sou veterinária. Sinceramente nao sei como ajudar ela. Depois de muito chorar ela vai dormir. Falo com ela, pego ela, apesar que ela nao gosta muito, arrumo a cama, mas nao tem jeito, ela anda pra ca, pra la, ja esta cega, se bate. E nao tem jeito, ai ea senta fica ali chorando. Se vc puder me ajudar eu ficarei muito grata.

  11. Olá, esse fim de semana tive a primeira experiência em viajar com meu pet de avião. Um Shih-tzu de 5 meses…
    ele ficou muito agitado durante o voo, latindo bastante, apesar de ir na cabine, abaixo do banco a minha frente ele ficou muito assustado. O voo durou 3 horas ele só ficou quieto durante 1 hora depois de latir e se agitar bastante. Infelizmente ele não pode ir no colo. Entao, se possível
    Gostaria de saber se posso usar esse calmante pra ele viajar novamente daqui a 20 dias, e se ajudaria a ele ficar mais tranquilo dentro do avião.
    Obrigado desde já. 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *