Calopsita: Cuidados e tudo que você precisa saber

tudo sobre calopsita
Compartilhe com os amigos:

A calopsita tem se tornado cada vez mais popular como um animal de estimação para as famílias brasileiras.

Isso se deve muito ao fato de ser uma ave alegre e animada. Além disso, a calopsita é muito fiel e vive muito perto do seu dono, depois de ter se apegado a uma pessoa.

Ela é uma ave muito especial, já que pode aprender truques e é bastante divertida. Ela é da mesma família das araras e papagaios, sendo uma psitacídeo.  Sendo assim, ela é uma ave bastante extrovertida.

A calopsita é uma ave que exige bastante atenção e dedicação. Porém, necessita muito de liberdade e gosta de ser independente. Por isso, é aconselhável não deixa-la muito tempo dentro de gaiolas.

Para evitar a fuga, é importante leva-la ao veterinário, para que ele possa aparar suas asas, impedindo que ela voe muito.

Há muitas coisas que você pode saber sobre essa ave. E, é muito importante, que você conheça o mínimo antes de resolver “adotar” uma em sua casa.

Por isso, resolvemos fazer essa seleção de fatos e dicas para quem deseja ter essa ave como um animal de estimação. Ou, até mesmo, para quem é curioso. Confira tudo sobre calopsita e conheça mais sobre essa fantástica ave.

Comportamento da calopsita

As calopsitas são aves muito alegres, especialmente pela manhã, também conhecidas como Nymphicus hollandicus. Logo ao acordar, estão cheias de energia e gostam de brincar e cantar.

Se você resolver criar essa ave fora da gaiola, esteja consciente de que ela o seguirá pela casa, sempre buscando manter um contato próximo.

Ela é uma ave que exige bastante atenção e é muito companheira. Além disso, a calopsita sempre tenta encontrar formas de conseguir se comunicar com seu dono, além de aprender truques e brincadeiras.

Em média, uma calopsita pode viver até 25 anos, sendo uma excelente opção para quem busca ter um animal de estimação de pequeno porte, mas companheiro.

calopsita

Cuidados exigidos de saúde, higiene e alimentação

Obviamente que, como todo animal de estimação, a calopsita precisa de cuidados básicos para continuar saudável e ativa.

Entretanto, ela é uma ave de pequeno porte e, portanto, esses cuidados não são muito grandes. Você deve estar sempre atento à saúde de sua ave, em primeiro lugar.

Como ela é uma ave ativa e alegre, estar silenciosa, recuada e muito quieta é um sinal de que sua saúde pode não estar muito bem. Além disso, é um animal que reque muito carinho.

Como qualquer animal, é necessário preservar.

Higiene

Pássaros normalmente fazem uma pequena bagunça em seu local de alimentação. Por isso é muito importante manter tanto os poleiros, quanto os locais de alimentação limpos, para garantir a higiene do ambiente e da ave.

As calopsitas também precisam de um local tranquilo para conseguir ter boas horas de sono. O ideal é que elas fiquem em um lugar calmo, sem muita agitação e sons, por metade do dia para conseguirem repousar.

Alimentação

A alimentação da calopsita envolve sementes e também alimentos naturais. É bom, para manter a ave sempre saudável, fazer uma variação entre legumes, frutas e verduras com diferentes tipos de sementes.

Algumas opções interessantes de alimentos para sua calopsita:

  • Alpiste
  • Aveia
  • Girassol
  • Arroz
  • Couve
  • Milho verde (cozido)
  • Cenoura ralada
  • Jiló

Algumas pessoas ainda preferem comprar rações especificas para alimentação da calopsita. Essa, no entanto, é uma decisão pessoal de cada dono.

Alguns donos não têm muito tempo para poder “preparar” as refeições da ave, separando as sementes e alimentos. Nesses casos, comprar um pacote de ração – que já vem com uma grande variedade de sementes – pode ser uma excelente opção.

Reprodução da ave

Para as calopsitas, não há uma época do ano especifica para a reprodução. Entretanto, é necessário que a ave já tenha mais de um ano de vida para reproduzir.

O ideal é que seja realizada, no máximo, até 3 ninhadas por ano. Normalmente, cada acasalamento gera em torno de 4 até 7 ovos, e o tempo necessário é de até 20 dias.

Caso você deseje doar os filhotes, é importante estar atento ao período de dois meses, que é o tempo mínimo necessário que os filhotes devem ficar com seus pais.

As calopsitas são aves muito inteligentes e podem trazer muita alegria para quem se dispõe cuidar. É uma excelente opção de animal de estimação para quem não deseja ter muito trabalho diário, mas gosta de uma boa companhia.

Infelizmente é um animal muito contrabandeado.

E aí, se interessou em ter uma calopsita? Já tem essa ave? Conta para a gente como tem sido a sua experiência com ela, então! Caso tenha alguma dúvida, não deixe de comentar. Buscaremos te ajudar o máximo possível!

Leia também:


Compartilhe com os amigos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *