Os animais selvagens e sua preservação!

Os animais selvagens chamam a atenção não somente pela sua beleza incomum, mais também pelo modo de viver que se difere daqueles que são criados enjaulados e domesticados a liberdade da a esses animais uma beleza natural.

Todo animal fica muito mais lindo e admirável sendo observado em seu habitar natural as pessoas tem a mania de achar que retirando os animais selvagens do seu lar, estarão ajudando e protegendo e acontece justamente o contrario muitos nem sobrevivem.

Existe ainda o trafico um comercio ilegal em torno desses animais que gera algumas comoções quando vem ao conhecimento de todos por motivos de grande covardia devido a maus tratos e a maioria das vezes isso acontece apenas por vaidade, as pessoas querem esses animais para exibir apenas por uma questão de status.

Os animais selvagens  quando são tirados do seu lar e colocados em cativeiros, alem de prejudicar os ecossistemas naturais é causada a extinção de algumas espécies muitas ONGs e movimentos lutam contra isso.

Essa pratica causa grandes problemas, pois alguns animais selvagens possuem  um instinto  bastante agressivo e não conseguem se adaptar tendo dificuldades de crescer e se reproduzir nos cativeiros a que são submetidos.

Existem os animais selvagens, que são naturais do Brasil, entre eles os mais comuns são o mico-leão-dourado, lobo-guará, onça-pintada, papagaio, piranha, boto, capivara, e é sobre esses animais que vamos falar aqui nesse artigo.

Para que possamos aprender a preservar os animais selvagens temos que ter as informações necessárias para ajudar a combater essa covardia, e nada melhor do que começar pelos animais do nosso país.

animais em extinção

Brasil um país rico na diversidade de animais selvagens.

Aqui em nosso país existe uma enorme diversidade de animais selvagens, é por isso está entre os principais alvos do tráfico, é a terceira atividade clandestina que mais gera lucros, depois do tráfico de drogas e armas eu fique chocada quando soube dessa informação.

Quando esses animais selvagens são colocados em seus cativeiros muitos morrem, pela falta de adaptação e covardia a que são submetidos, os animais são vendidos ilegalmente para lojas, feiras, outros para colecionadores e para fins científicos isso e totalmente ilegal e se você tiver conhecimento de algum caso assim não se cale denuncie!

Denuncie !

Existe uma Lei de Crimes Ambientais, que todos deveriam ter conhecimento ela proíbe toda compra, venda criação ou qualquer negócio que envolva animais selvagens isso, é crime!

Os animais em extinção são os que custam mais caro, e infelizmente são os mais cobiçados e geram uma enorme renda para esses contrabandistas por isso a comercialização deles ocorre de maneira desenfreada.

Você pode ajudar denunciando crimes ou agressões a esses animais em extinção,  entrando em contato com o serviço Linha Verde do IBAMA pelo telefone 0800-61-8080 ou pelo e-mail [email protected]. A ligação é gratuita de qualquer ponto do País e funciona de segunda a sexta-feira (exceto feriados), das 8h às 18h.

Também no site do IBAMA é disponibilizado um serviço para registro de ocorrências, em qualquer um dos dois você precisa falar o tipo de crime seja o cativeiro de animais selvagens, maus tratos contra eles, comercialização ilegal, caça, e ate mesmo a pesca predatória, seus dados cadastrais são mantidos em total sigilo, pode ficar tranqüilo.

Esse e o mínimo que podemos fazer como cidadãos para ajudar o IBAMA a localizar rapidamente esses casos e ajudar os nossos animais selvagens, vamos agora saber um pouco sobre as principais espécies que são as mais ameaçadas em nosso país e o principal alvo desses criminosos.

Animais do Brasil x Principal alvo do comércio ilegal

Porque tantos querem caçar animais que não podem ser caçados? A caça é sim um esporte que não deve parar de ser praticado, mas é fato que não se deve caçar todos os animais. Abaixo vou listar alguns animais que podem ser caçados e outros que não podem, além disso, vamos listar algumas curiosidades.

Vamos começar?

Mico-Leão-Dourado

  • Conhecido também por “sauí”.
  • Ainda é encontrado na Mata Atlântica, na região do Rio de Janeiro, estão sempre sobre as árvores e cipós.
  • Possuem uma pelagem cor de fogo, e uma juba em torno da cabeça. Medem em torno de 25 a 35 cm, e possuem uma cauda de 30 a 40 cm. Pesam em média, 600 g. Vivem em grupos de até 8 indivíduos.
  • Se alimentam de frutos, sementes, insetos, ovos, pequenos pássaros e lagartos. A fêmea possui gestação de 125 a 132 dias, e tem em média de 1 a 3 filhotes.
  • Vivem em média 15 anos.

Porque são tão queridos pelos brasileiros? Até mesmo em cédulas de dinheiro esses animais estão presentes. Isso se deve ao fato deles terem se tornado um simbolo do país.

Lobo-guará

  • É nativo da América do Sul e pode ser encontrado em algumas regiões do Brasil (Cerrado, Pantanal, Campos do Sul, parte da Caatinga e Mata Atlântica);
  • Mede em média 1 metro, e pesa de 20 a 30 Kg.
  • Possui uma pelagem avermelhada por todo o corpo, exceto no pescoço, lombro, patas e a ponta da cauda.
  • As patas da frente são menores que a de trás, facilitando a subida em morros.
  • Possuem hábitos noturnos e solitários, não fomam alcatéias, só se juntam a uma fêmea na época de reprodução.
  • É um animal veloz e ágil, e possui longos saltos.
  • Se alimentam de frutas, aves, répteis, pacas, moluscos, insetos, peixes, mel, cana-de-açúcar e pequenas cutias.
  • A gestação dura em torno de 65 dias, e a fêmea tem apenas uma cria.
  • Vivem em média 13 anos.

Porque eles tem um instinto caçador? Isso se deve pelos seus ancestrais. Esses animais possuem hábitos incríveis, além disso, podemos dizer que são muito inteligentes.

Capivara

  • Pode ser encontrado na América do Sul e Central, perto de rios e lagos.
  • É o maior roedor herbívoro do mundo.
  • Tem em média 1,20 m de comprimento, e pesam por volta de 80 Kg.
  • Utilizam a água como refúgio dos predadores e também se reproduzem na água. Possuem grande facilidade para nadar, tendo inclusive pequenas membranas nos pés.
  • Alimentam-se de capim, ervas e outras vegetações presente às margens dos rios e lagos.
  • Tem de 2 a 8 filhotes por gestação.
  • Vivem em média de 15 a 20 anos.

Porque é permitida a caça em alguns lugares? Isso mesmo, em algumas regiões o número de capivaras é muito grande, com isso, acaba sendo permitida a caça desses animais.

Boto

  • Pode ser encontrado na Amazônia e no Atlântico.
  • Existem duas subespécies: marinha e fluvial. A marinha distribui-se no Atlântico, desde Florianópolis até o norte, e a fluvial nos rios do Amazonas.
  • Medem de 1,8 a 2,5 metros, e pesam em média de 90 a 160 Kg.
  • Sua coloração varia de acordo com a idade. São solitários, no máximo são encontrados em pares (mãe e filhote).
  • São nadadores lentos e normalmente no amanhecer ou entardecer salta mais de um metro. Se alimentam de peixes, pequenas tartarugas, caranguejos, moluscos e crustáceos.

Por fim, podemos afirmar que os botos são animais fantásticos, e que merecem um cuidado especial. Mas, porque estão extintos? É fato que existem poucos, isso se deve ao fato deles serem dóceis, em sua maioria.

Arara Azul

  • Pode ser encontrada no interior da região sul do Brasil, Maranhão, Bahia, Mato Grosso, Minas Gerais e Goiás.
  • A arara-azul-pequena mede em torno de 70 cm, e a arara-azul-grande 1 m.
  • Possui uma plumagem azul uniforme, com a presença de manchas amarelas na cabeça.
  • Fazem ninhos no oco das árvores.
  • Se alimentam de frutas e sementes.
  • Vivem em média de 30 a 40 anos.

Porque é tão linda? É fato que esse pássaro é um dos mais pelos que conhecemos. Mas dá onde vem essa beleza? A maior parte é inexplicável, porém, podemos dizer que uma parcela veio dos ancestrais.

Piranhas

  • Habitam alguns rios da América do Sul.
  • É um peixe carnívoro.
  • Chegam até 20 cm de comprimento.
  • Possui forte mandíbula e dentes triangulares afinadíssimos, como navalha.
  • Estão sempre em cardumes.

Porque são tão agressivas? Essa é bem simples, as piranhas, assim como outros animais possuem instintos animais.

animais selvagens

Leia também:

Compartilhe com os amigos:
Share on Facebook
Facebook
Share on Google+
Google+
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *