Como cuidar da flor begônia

Ei, você aí! Sim, você com a planta na mão. Você deve estar se perguntando: “Por que minha begônia não está crescendo?” ou “Por que minha begônia não está florescendo?”. Bem, eu posso te dizer que cuidar de uma begônia não é tão simples assim. Mas eu vou te ensinar os segredos para fazer sua begônia crescer e florescer.

Antes de mais nada, é importante saber que as begônias gostam de climas quentes e úmidos. Então, se você mora em um lugar com clima frio ou seco, talvez seja melhor procurar outra planta para cuidar. Além disso, as begônias também gostam de muita luz, mas não gostam de sol direto. Então, encontre um lugar na sua casa que receba bastante luz natural, mas sem sol direto.

Uma das principais coisas a lembrar ao cuidar de uma begônia é não deixá-la secar. Isso significa regá-la regularmente – pelo menos uma vez por semana – e monitorar o solo para ver se está seco ou úmido. Se o solo estiver seco, regue imediatamente sua begônia. Outra dica é pulverizar as folhas da planta com água duas vezes por dia para mantê-las úmidas.

Finalmente, as begônias precisam ser alimentadas regularmente com fertilizante. Você pode comprar fertilizante especial para plantas em lojas de jardinagem ou até mesmo online. Siga as instruções no pacote para determinar a quantidade certa de fertilizante a usar e quando alimentar sua planta. Agora que você sabe os segredos para fazer sua begônia crescer e florescer, vamos lá e cuide da sua plantinha!

Nome científico Begonia semperflorens
Nomes populares Begônia semperflorens, begônia-anã, begônia-de-jardim, begônia-de-folha-suja, begônia-vermelha
Família Begoniaceae
Origem África, Sudeste Asiático e América do Sul
Cuidados Rega: diária; Luminosidade: plena luz solar; Adubação: uma vez ao mês; Temperatura: entre 18 e 25°C;



Como cuidar da flor begônia

1- Introdução à begônia

A begônia é uma planta da família das begoniáceas, nativa da América Central e do Sul, que se destaca pelo seu belo folheado. No Brasil, é uma das espécies mais cultivadas em vasos e jardineiras, tanto para ambientes internos quanto externos.

Existem mais de 1.500 espécies de begônias, divididas em vários grupos, como as de flor grande (B. bigelovii), as de flor pequena (B. coccinea) e as sem flores (B. tuberhybrida). As begônias são plantas perenes, ou seja, que podem viver por vários anos, mas geralmente são cultivadas como anuais.

2- Plantar begônias

A begônia pode ser propagada a partir de sementes ou estacas. No entanto, é importante lembrar que as sementes das begônias são muito pequenas e podem ser facilmente perdidas. Por isso, é recomendado comprar estacas de uma loja de jardinagem ou fazer estacas a partir de uma planta madura.

Para plantar as estacas, basta colocá-las em um vaso com terra fértil e enriquecida com matéria orgânica. Depois é só regar com frequência para que a terra não fique seca.

3- As características das begônias

As begônias são plantas herbáceas, ou seja, não possuem troncos lenhosos e suas folhas são verdes. No entanto, existem algumas espécies cujas folhas apresentam outras cores, como o amarelo ou o branco.

As flores das begônias também podem ser de diversas cores, desde o branco até o vermelho e o rosa. Algumas espécies possuem flores duplas ou triplas. As flores da begônia geralmente aparecem no final da primavera ou no início do verão.

4- Doenças e pragas nas begônias

As begônias são plantas resistentes a doenças e pragas, mas às vezes podem ser afetadas por fungos ou insetos. Por isso, é importante ficar atento ao aspecto das plantas e tratar imediatamente qualquer problema que apareça.

Uma das doenças mais comuns nas begônias é a mancha bacteriana, causada por um fungo chamado Pseudomonas cichorii. Essa doença costuma atacar as folhas da planta, causando manchas amareladas ou marrons.

Outra doença comum nas begônias é a ferrugem, causada por um fungo chamado Puccinia purpurea. Essa doença costuma atacar as folhas da planta, causando manchas brancas ou amareladas.

Para evitar que as plantas fiquem doentes, é importante mantê-las sempre bem limpas e livres de insetos. Além disso, é recomendado não molhar as folhas da planta diretamente com a água, pois isso pode favorecer o surgimento de doenças.

5- Cuidados gerais com as begônias

Para manter as begônias saudáveis ​​e bonitas por mais tempo, é importante fazer alguns cuidados básicos:
– Escolha um local adequado: as begônias precisam de muita luz solar para crescer bem, mas não suportam o calor intenso do sol direto. Por isso, é ideal escolher um local com meia-sombra para plantá-las;

– Regue com frequência: as begônias precisam de muita água para se manterem saudáveis. No entanto, é importante não encharcar a terra, pois isso pode favorecer o surgimento de doenças;

– Adube a terra: para manter as plantas bonitas e saudáveis, é importante adubar a terra regularmente com um fertilizante específico para plantas ornamentais;

– Poda: a poda das begônias é importante para estimular o crescimento da planta e controlar sua forma. As podas também são úteis para remover ramos secos ou doentes;

– Cuidado com os insetos: alguns insetos podem atacar as begônias e causar danos às plantas. Por isso, é importante ficar atento ao aspecto das plantas e tratar imediatamente qualquer problema que apareça;

Com os cuidados adequados, as begônias podem decorar qualquer ambiente por vários anos!



Como cuidar da flor begônia

Como fazer replantio ou transplante da planta como cuidar da flor begônia

Muitas pessoas me perguntam como fazer replantio ou transplante da planta. É um processo simples, mas que requer alguns cuidados especiais. Aqui vão algumas dicas para fazer isso da maneira certa.

Primeiro, você precisa escolher o local onde vai transplantar sua begônia. O ideal é um lugar que receba bastante luz, mas sem que ela fique diretamente no sol. Depois, é hora de preparar o solo. Misture uma boa quantidade de areia e terra para que a planta possa se fixar bem no novo ambiente.

Uma dica importante é não colocar a begônia muito fundo na nova panela. A raiz precisa estar bem aérea para que a planta consiga se desenvolver de forma saudável.

Depois de transplantada, a begônia precisa de regas regulares e cuidado com as pragas e doenças. Se você seguir essas dicas, com certeza sua plantinha vai prosperar!

Dúvida dos Leitores

1. Por que a begônia é uma das flores mais populares?

A begônia é uma das flores mais populares porque ela é bonita, fácil de cuidar e pode ser cultivada em casa.

2. Como cuidar da flor begônia?

As begônias são fáceis de cuidar e podem ser cultivadas em casa. Elas precisam de sol, água e adubação para crescer e florescer.

3. Qual a melhor época para plantar begônias?

A melhor época para plantar begônias no Brasil é entre os meses de setembro e outubro, quando as temperaturas estão mais amenas.

4. Quais são as principais doenças das begônias?

As principais doenças das begônias são o mildew (mofo), o oídio (mancha branca) e a ferrugem (mancha avermelhada). Elas podem ser controladas com tratamentos preventivos e corretivos.



Como cuidar da flor begônia

Como decorar sua casa com a planta begônia

Muitas pessoas amam plantas, mas não sabem como utilizá-las para decorar seus ambientes. A begônia é uma bela planta que pode ser utilizada para dar um toque de cor e vitalidade ao seu lar.

Confira algumas dicas de como usar a begônia para decorar sua casa:

  • Para um ambiente mais alegre, utilize plantas Begônias em vasos coloridos. Elas ficam ótimas em qualquer lugar da sua casa, desde o seu quarto até a sala de estar.
  • Para um ambiente mais romântico, você pode usar begônias rosadas. Ficam lindas na decoração do quarto ou perto da janela da sala.
  • Já para um ambiente mais clean, as begônias brancas são perfeitas. Você pode usá-las na decoração da cozinha ou do banheiro.

Além de decorativas, as plantas também trazem muitos benefícios para a saúde. Elas purificam o ar, combatem o estresse e aumentam a sensação de bem-estar. A begônia é uma das plantas com maior poder de purificação do ar, então não deixe de colocá-la em sua casa!



Como cuidar da flor begônia

Para Estudantes do ENEM e Biológos

A begônia é uma planta da família das Begoniaceae, nativa da América Central e do sul. No Brasil, é conhecida popularmente como “bico-de-papagaio”, “bicão”, “biquinho-de-papagaio”, “flor-de-sete-saberes” ou ainda “malmequer”. Nas regiões tropicais e subtropicais ocorre em florestas úmidas e nas zonas de transição entre elas e as savanas. Pode ser encontrada também em jardins ornamentais.

Origem

A espécie é originária das florestas tropicais da América Central e do Sul, onde ocorre em solos úmidos e bem drenados. No Brasil, pode ser encontrada nas regiões Norte, Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste.

Cultivo

O cultivo da begônia deve ser feito em locais que recebam luz indireta do sol. A planta não tolera o calor intenso nem o frio excessivo. O ideal é que a temperatura esteja entre 18°C e 24°C. A begônia também precisa de uma boa umidade relativa do ar para se manter saudável. Por isso, é importante pulverizar a planta com água frequentemente.

Rega

A begônia precisa de regas regulares para se manter hidratada. O solo deve estar sempre levemente úmido, mas não encharcado. Regue a planta quando o solo estiver seco ao toque. Uma dica para saber se a begônia precisa de água é verificar se suas folhas estão murchas ou amareladas. Se estiverem, é hora de regar.

IMPORTANTE: O conteúdo deste artigo foi atualizado em 14-04-2023 pela equipe do GPA Brasil. O Artigo acima ou qualquer conteúdo do site tem função apenas informativa e deve ser utilizada sempre com atenção.

Deixe um comentário