Cuidando e plantando da echeveria goiabinha

Sou apaixonada por plantas e, há alguns anos, me especializo em cuidar de echeverias. Uma das minhas favoritas é a echeveria goiabinha, que é uma planta succulenta originária do México.

Eu adoro a echeveria goiabinha porque ela é muito fácil de cuidar e, além disso, é uma planta muito bonita. Ela tem folhas arredondadas e verdes, com um tom de rosa nas extremidades. Além disso, a echeveria goiabinha também produz pequenos botões rosados.

A echeveria goiabinha é uma planta muito resistente e pode ficar sem água por mais de 2 meses. No entanto, ela precisa de um ambiente bem iluminado para crescer bem. Por isso, é importante colocá-la perto da janela ou em um local com bastante luz natural.

Se você está procurando uma planta bonita e fácil de cuidar, a echeveria goiabinha é perfeita para você!

Cientifico Botanico
Echeveria goiabinha Crassulaceae
Rochea goiabinha
Echeveria pulvinata


Cuidando e plantando da echeveria goiabinha

Cuidados para plantar echeveria goiabinha

A echeveria goiabinha é uma planta succulenta pertencente à família Crassulaceae. Suas folhas são carnudas, de cor verde escuro e formato triangular. As flores são amarelas e aparecem nas extremidades das hastes durante a primavera ou início do verão. A planta é nativa da México e do sudoeste dos Estados Unidos.

Para plantar a echeveria goiabinha, você precisará de:

  • 1 pote de cerâmica ou plástico com furos de drenagem no fundo;
  • 1 colher (sopa) de areia fina;
  • 1/2 xícara (chá) de cascalho;
  • 1/4 xícara (chá) de terra vegetal;
  • 1/4 xícara (chá) de esterco bovino ou composto orgânico;
  • 1/2 xícara (chá) de água.

O primeiro passo é lavar o pote com água e sabão para remover toda a sujeira. Depois, misture a areia, o cascalho, a terra vegetal, o esterco e a água em um recipiente. A mistura deve ficar úmida, mas não encharcada.

Coloque a mistura no pote e espalhe uniformemente. Em seguida, faça um buraco no meio da mistura e coloque a muda da echeveria. Cobrir a muda com mais mistura até que esteja completamente coberta. Regue a planta com água apenas quando a superfície estiver seca.

Após o plantio, é importante colocar o pote em um local que receba luz solar direta por pelo menos 6 horas por dia. A temperatura ideal para a echeveria goiabinha é entre 21°C e 27°C.

Caracteristicas da echeveria goiabinha

Nome científico:
Echeveria gibbiflora

Família:
Crassulaceae

Origem:
(México, Sudoeste dos Estados Unidos)

Clima:
(Subtropical)

Altitude:
(600-2.700 m)

Luminosidade:
(Plena luz solar direta)

Temperatura:
(21°C – 27°C)

Umidade:
(40% – 50%)

Crescimento:
(Lento)

Como tratar doenças e pragas da echeveria goiabinha

A echeveria goiabinha, assim como qualquer outra planta, pode sofrer com doenças e pragas. As principais doenças que podem afetar a planta são o mildiu, mancha-de-óleo, podridão do colo, cochonilha, ácaros. Veja abaixo como tratar cada uma dessas doenças.

Mildiu

O que é?: O mildiu é uma doença fúngica que afeta as folhas da planta, causando manchas amarelas ou marrons. Se não for tratada, a doença pode se espalhar para os caules e flores, danificando gravemente a planta.

Como tratar?: Para tratar o mildiu, você pode usar um fungicida natural, como o óleo de neem. Basta pulverizar as folhas danificadas com a solução uma vez por semana até que as manchas desapareçam.

Mancha-de-óleo

O que é?: A mancha-de-óleo é uma doença fúngica que afeta as folhas da planta, causando manchas pretas ou marrons. Se não for tratada, a doença pode se espalhar para os caules e flores, danificando gravemente a planta.

Como tratar?: Para tratar a mancha-de-óleo, você pode usar um fungicida natural, como o óleo de neem. Basta pulverizar as folhas danificadas com a solução uma vez por semana até que as manchas desapareçam.

Podridão do colo

O que é?: A podridão do colo é uma doença fúngica que afeta as raízes da planta, causando manchas pretas ou marrons. Se não for tratada, a doença pode se espalhar para os caules e flores, danificando gravemente a planta.

Como tratar?: Para tratar a podridão do colo, você pode usar um fungicida natural, como o óleo de neem. Basta pulverizar as raízes danificadas com a solução uma vez por semana até que as manchas desapareçam.

Cochonilha

echeveria-goiabinha

Dúvida dos Nossos Leitores

1. O que é a echeveria goiabinha?

A echeveria goiabinha é uma planta succulenta da família Crassulaceae, nativa do norte da América Central. É conhecida pelo seu porte compacto e pelas suculentas rosadas que crescem nas extremidades dos seus ramos.

2. Por que a echeveria goiabinha é uma planta tão popular?

A echeveria goiabinha é uma planta muito popular devido à sua beleza única. Além disso, ela é extremamente fácil de cuidar, o que a torna perfeita para aqueles que estão iniciando no mundo das plantas succulentas.

3. Como posso cultivar a echeveria goiabinha?

A echeveria goiabinha é uma planta extremamente fácil de cultivar. Ela prospera em ambientes quentes e secos, com solo bem drenado. Prefere sol pleno, mas também pode tolerar sombra parcial. Uma vez por semana, regue a planta de forma abundante, permitindo que o excesso de água drenasse completamente antes de voltar a regar.

echeveria-goiabinha

Decorando sua casa com a echeveria goiabinha

A Echeveria Goiabinha é ideal para quem quer dar um toque de decoração natural à sua casa

Se você está procurando uma planta que seja bonita, fácil de cuidar e que dê um toque de decoração natural à sua casa ou apartamento, a Echeveria Goiabinha é a planta ideal para você!

A Echeveria Goiabinha é uma planta da família Crassulaceae, originária do México. É uma planta succulenta, o que significa que ela armazena água em seus tecidos, o que a torna perfeita para o clima seco do Brasil. A Echeveria Goiabinha é uma planta semeadora, ou seja, ela produz sementes que podem ser plantadas para propagar a espécie.

A Echeveria Goiabinha tem uma folhagem arredondada, com bordos ondulados e textura aveludada. As folhas são verdes claras com manchas esbranquiçadas e marrons. A planta pode crescer até 30 cm de altura e 40 cm de largura.

A Echeveria Goiabinha é uma planta bastante resistente e fácil de cuidar. Ela precisa de muito sol para crescer e florescer, mas não precisa de muita água. Uma vez por semana é suficiente.

Passo a passo para propagar sua Echeveria Goiabinha

1. Pegue as sementes da sua Echeveria Goiabinha
As sementes da Echeveria Goiabinha são bem pequenas, então você vai precisar de um pouco de paciência para encontrá-las. Uma maneira fácil de fazer isso é colocar as folhas da planta em um recipiente transparente e sacudir suavemente para soltar as sementes. Depois é só pegar as sementes com a ponta dos dedos e colocá-las em outro recipiente.

2. Coloque as sementes em uma superfície plana
Depois de juntar as sementes, é hora de colocá-las em uma superfície plana para que possam germinar. Você pode usar uma placa de petri ou qualquer outro recipiente plano que esteja limpo e seco. Certifique-se de que as sementes não fiquem muito próximas umas das outras, pois precisarão de espaço para crescer.

3. Cubra as sementes com areia fina
Após colocar as sementes em uma superfície plana, é hora de cobri-las com areia fina. A areia vai ajudar a manter as sementes úmidas e aquecidas, o que é necessário para que elas germinem. Você pode comprar areia fina em lojas de jardinagem ou pedir emprestada a alguém que tenha um aquário.

4. Regue as sementes regularmente
Regue as sementes duas vezes ao dia, pela manhã e a noite, para mantê-las úmidas. Não regue demais, pois isso pode encharcar as sementes e impedir que elas germinem. Depois de alguns dias, você verá que as sementes começarão a germinar e nascerão pequenas plantas succulentas.

IMPORTANTE: O conteúdo deste artigo foi atualizado em 21-11-2022 pela equipe do GPA Brasil. O Artigo acima ou qualquer conteúdo do site tem função apenas informativa e deve ser utilizada sempre com atenção.

Deixe um comentário