Como cuidar de uma Gerbera: plantio, muda e tratamento de pragas

A gerbera é uma das minhas flores favoritas. São lindas, delicadas e fáceis de cuidar, mas é importante saber como plantar, tratar e cuidar das pragas para que ela cresça linda e saudável. Vamos aprender juntos?

A primeira coisa que você precisa saber é onde plantar a sua gerbera. Ela prefere locais ensolarados, mas também pode se dar bem em ambientes semi-sombreados. O importante é que ela não fique exposta ao sol por muito tempo, pois isso pode queimar as folhas.

Quando for plantar a sua gerbera, escolha uma boa terra. Preferencialmente uma terra fértil, rica em matéria orgânica e bem drenada. Se a sua terra não for tão boa assim, você pode acrescentar um pouco de húmus ou composto orgânico para melhorá-la.

Uma das pragas mais comuns da gerbera é o besouro-da-rosa. Ele ataca as raízes da planta e causa o amarelecimento das folhas. Para tratar essa praga, basta usar um inseticida natural, como o neem.

Português Ciências Botânica
Gerbera Gerbera jamesonii Asteraceae



Como cuidar de uma Gerbera: plantio, muda e tratamento de pragas

1- Introdução à Gerbera

A Gerbera é uma planta da família das asteráceas, também conhecida como girassol-de-corte ou gerbera-de-corte. Sua origem é da África do Sul, onde cresce espontaneamente. A espécie é nativa de regiões montanhosas e florestais, entre os 1.000 e 2.700 metros de altitude. No Brasil, a espécie é cultivada como uma planta ornamental, por suas flores de cores vivas e grandes pétalas.

2- Plantando sua Gerbera

Para plantar uma Gerbera , você precisará de uma muda ou semente, que poderá ser encontrada em viveiros especializados. O ideal é escolher uma muda com aproximadamente um ano de idade, para evitar problemas no transplante. A plantação da Gerbera deve ser feita em um local ensolarado, com boa drenagem e solo fértil. É importante que o local esteja protegido do vento, pois as folhas podem ficar danificadas.

3- As necessidades da Gerbera

A Gerbera é uma planta que precisa de bastante luz solar para se desenvolver adequadamente, por isso é importante escolher um local ensolarado para plantá-la. O ideal é que a planta receba pelo menos 6 horas de luz solar direta por dia. Além disso, a Gerbera precisa de regas regulares para manter o solo úmido, mas não encharcado. É importante não deixar o solo secar completamente entre as regas, pois isso pode causar estresses na planta e até mesmo a morte da mesma.

4- Doenças e pragas da Gerbera

Uma das principais doenças da Gerbera é a ferrugem, que é causada por um fungo chamado Puccinia psidii. Esse fungo causa manchas amareladas nas folhas da planta, que podem se tornar marrons com o tempo. Outra doença comum da Gerbera é a murcha bacteriana, que é causada por uma bactéria chamada Pseudomonas cichorii. Essa bactéria causa manchas negras nas folhas e nas hastes da planta, que podem levar à morte da mesma. Algumas pragas também podem atacar a Gerbera , como as lagartas e os pulgões. Esses insetos podem causar sérios danos à planta, sugando seus nutrientes e deixando-a debilitada.

5- Cuidados finais com a Gerbera

Para garantir que sua Gerbera esteja sempre bonita e saudável, alguns cuidados básicos são importantes. É importante mantê-la sempre bem iluminada, regando regularmente e protegendo-a dos insetos e do vento. Além disso, é importante fazer a poda da planta quando necessário para controlar seu tamanho e remover as partes danificadas ou doentes. Seguindo esses cuidados simples, você terá uma bela Gerbera para decorar sua casa por muitos anos!



Como cuidar de uma Gerbera: plantio, muda e tratamento de pragas

O que é replantio ou transplante da planta gerbera preço?

Replante ou transplante da planta gerbera preço é um processo muito importante para a manutenção das plantas. Ele consiste em retirar a planta do seu vaso original e colocá-la em um novo, com o objetivo de renovar o substrato e melhorar a drenagem.

Esse processo é muito importante para as plantas, pois elas precisam de um substrato fresco e bem drenado para crescerem saudáveis. Além disso, o replantio também ajuda a controlar o tamanho das plantas, pois elas ficam mais compactas quando são transplantadas para um vaso novo.

Se você tem uma planta que está crescendo muito rápido e precisa ser repotada, não se preocupe! É um processo simples que qualquer pessoa pode fazer em casa. Basta seguir os passos abaixo:

  1. Retire a planta do vaso original com cuidado, para não danificar as raízes;
  2. Coloque-a em um novo vaso, com o substrato bem drenado;
  3. Regue bem a planta e deixe-a em um lugar com boa incidência de luz;
  4. Pronto! Agora é só esperar a plantinha crescer saudável!

Dúvida dos Leitores

1. Como plantar uma Gerbera?

Para plantar uma Gerbera, você precisará de um vaso com furos na parte inferior para a drenagem, uma mistura de envasamento rica em nutrientes e uma muda de Gerbera. Encha o vaso com a mistura de envasamento até que esteja a cerca de dois dedos do topo e depois coloque a muda na posição desejada. Depois é só regar bem a planta e pronto!

2. Qual a melhor época para plantar uma Gerbera?

A melhor época para plantar uma Gerbera é no início da primavera, quando as temperaturas começam a esquentar.

3. Como saber se minha Gerbera está com sede?

Uma maneira fácil de saber se sua Gerbera está com sede é observar o solo em volta da planta. Se o solo estiver seco e craquelado, é hora de regar!

4. Minha Gerbera está amarelando, o que devo fazer?

Se sua Gerbera estiver amarelando, pode ser por vários motivos, desde falta de água até excesso de água, passando por falta de nutrientes. Uma boa maneira de diagnosticar o problema é verificar as folhas e o caule da planta: se estiverem murchos e/ou enrugados, provavelmente há falta d’água; se estiverem amarelos e/ou queimados, pode ser excesso d’águ



Como cuidar de uma Gerbera: plantio, muda e tratamento de pragas

Decorando com a planta Gerbera

A gerbera preço é uma planta que tem seu lugar especial entre as flores. Elas são conhecidas por suas cores vivas e brilhantes, podendo ser encontradas em tons de amarelo, vermelho, laranja, rosa e até mesmo branco. As pétalas da gerbera preço são grandes, o que torna a flor ideal para decorar qualquer ambiente.

A gerbera preço é uma planta fácil de cultivar e cuidar, bastando regá-la sempre que o solo estiver seco. As flores da gerbera preço, assim como outras plantas, também necessitam de luz solar direta para crescerem fortes e bonitas. Dica: Para mantê-las sempre bonitas, retire as pétalas murchas assim que perceber.

Gerberas preços: São ótimas para presentear amigos e familiares. Fica a dica!



Como cuidar de uma Gerbera: plantio, muda e tratamento de pragas

Para Estudantes do ENEM e Biológos

As plantas da espécie Gerbera são nativas da África, especificamente da parte sul do continente. No entanto, a espécie Gerbera jamesonii, é a única que se originou na África Oriental. As outras espécies foram introduzidas na Europa e América a partir do início do século XIX. A planta foi batizada em homenagem ao naturalista alemão Traugott Gerber (1710-1743), que coletou exemplares das espécies em 1737 no Cabo da Boa Esperança, na África do Sul.

A gerbera preço é uma planta bastante versátil, podendo ser cultivada em vasos ou jardineiras, dentro ou fora de casa. Também é possível cultivá-la em canteiros, como uma planta anual. No entanto, ela não suporta o frio intenso e deve ser protegida quando as temperaturas forem muito baixas.

As flores da gerbera preço geralmente têm um diâmetro de 5 a 10 cm e podem ser encontradas nas cores branco, vermelho, amarelo, laranja e rosa. A planta pode chegar a atingir a altura de 50 cm.

A gerbera preço é uma planta bastante ornamentais e é amplamente utilizada para fins decorativos. Ela também pode ser utilizada em arranjos florais e em bouquets. Além disso, as flores da planta são consideradas excelentes opções para serem usadas como presentes.

IMPORTANTE: O conteúdo deste artigo foi atualizado em 14-04-2023 pela equipe do GPA Brasil. O Artigo acima ou qualquer conteúdo do site tem função apenas informativa e deve ser utilizada sempre com atenção.

Deixe um comentário